A nova novela da TVI.
.Posts Recentes

. Camisa aberta, abano e li...

.tags

. todas as tags

.Arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007
Camisa aberta, abano e limonada na mão, Ruy de Carvalho exibe talento em ‘Deixa-me Amar’.

 

- Balanço deste mês e meio de gravações?
- Estamos a trabalhar no duro, mas ainda não a fazer um esforço extraordinário. Estamos apenas a cumprir o que está estipulado, o que é muito bom. Temos um belíssimo realizador, o Manuel Amaro, uma belíssima equipa técnica e um grupo de jovens actores, e outro com mais alguma idade. Eu sou o decano desta equipa.

- Como é a postura do ‘César’, a figura que interpreta?
- O ‘César’ é um homem rabugento, com muito bom coração e que finge ser mau. Passa as tardes sentado no ginásio a abanar-se e a beber limonadas!

- O ‘César’ é um ex-jogador de boxe?
- É dono do ginásio OK e foi um campeão de boxe. Por isso é que embirra com uma das modalidades que lá se pratica, o kickboxing. Com o tempo, vai acabar por aderir de forma entusiástica. Como homem de desporto, o ‘César’ acabará por juntar-se àquela rapaziada nova que pratica aquela modalidade e da qual Portugal tem uma campeã do Mundo, a Dina Pedro.

- Que faz a Dina nesta produção?
- Ela está sempre presente. É ela que nos orienta. É mestra de kickboxing e tem uma escola.

- Por que embirra o ‘César’ com o kickboxing?
- Como foi boxeur não gosta de pontapés. Mas o ‘César’ acaba por perceber que o Kickboxing é uma bela modalidade, com a sua técnica e o seu código de conduta...

PERFIL: CARREIRA BRILHANTE

Aos 81 anos, Ruy de Carvalho é o mais conceituado actor português. Com mais de 50 anos de carreira, o actor participou em algumas das peças de teatro mais marcantes que foram levadas à cena no País. Além dos palcos, Ruy de Carvalho destacou-se no cinema. Na televisão, um dos primeiros e mais notáveis trabalhos do actor começou em 1957, com ‘Monólogo do Vaqueiro’.

Na RTP, SIC e TVI foram muitas as séries e as novelas em que se destacou. Foi distinguido com os prémios de Imprensa para o Teatro e o Cinema, Prémio da Crítica e dois Globos de Ouro. Foi presidente do Conselho Nacional para a Política da Terceira Idade.

por Eugénia Ribeiro in Correio da Manhã

publicado por Maria às 11:08
link do post | comentar | ver comentários (2)
.links
.pesquisar no blog
 
.tags

. todas as tags

.Posts Recentes

. Camisa aberta, abano e li...

.tags

. todas as tags

.links